file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Acusado de participar de ataque a banco em Irecê é morto pela polícia em Goiás

08 de Junho de 2017 (atualizado 19/Jun/2017 16h43)

Ele era apontado pela polícia como o mais perigoso ladrão de bancos e carros fortes da Bahia. Em maio, a polícia já havia prendido outros suspeitos em outra cidade do interior de Goiás.

Foto: Profeta Soares tinha 31 anos e uma extensa ficha policial (Reprodução)

Foto: Profeta Soares tinha 31 anos e uma extensa ficha policial (Reprodução)

Redação Cultura&Realidade - Por Rodrigo de Castro Dias

O Batalhão de Operações Especiais da PM (Bope) matou, na manhã desta quarta-feira (7), Profeta Soares Nogueira, de 31 anos. Profeta estava na cidade de Águas Lindas de Goiás e era considerado foragido da justiça pelas forças policiais, que o apontavam como o mais perigoso ladrão de bancos e carros fortes atuando na Bahia.

Após uma troca de informações entre os setores de inteligência da Polícia Federal e as polícias Civil e Militar da Bahia, o Bope descobriu que o assaltante estava morando em Águas Lindas de Goiás. De acordo com a polícia, Profeta estava dirigindo um veículo roubado e reagiu a abordagem atirando contra os policiais, fugindo em seguida.

Depois da perseguição, que envolveu troca de tiros e até capotagem de uma das viaturas, o assaltante abandonou o carro em um setor de chácaras e fugiu a pé. Pouco depois, acabou baleado e morto em novo confronto com a polícia. Com ele, o Bope encontrou documentos falsos e uma pistola calibre 9mm. 

Ficha corrida - Dono de uma extensa ficha criminal, que inclui principalmente roubos praticados contra instituições bancárias, Profeta Nogueira era apontado pela polícia baiana como participante de um assalto ocorrido em 2011, no Posto Fiscal do Distrito de Rosário, em Correntina. Na ocasião, dois policias militares acabaram mortos durante confronto com os assaltantes. Seu histórico aponta ainda duas fugas do complexo policial de Barreiras, sendo uma em 2011 e outra em 2013. Segundo a policia, Profeta também é apontado como um dos suspeitos de ter participado do ataque á agência do Banco do Brasil de Irecê, na madrugada de 20 de março deste ano. 

Investigações - A ação policial desta quarta ocorre duas semanas após a prisão de outros três suspeitos de participação na tentativa de assalto ao Banco do Brasil em Irecê. No dia 25 de maio, Ricardo da Silva Torres, 35 anos, Leandro Henrique da Silva, mais conhecido como Ceará, 36, e Boaventura Medrado de Souza, 47, foram presos na cidade de Alexânia, localizada a 93 km de Goiânia. 

As duas cidades estão separadas por uma distância de apenas 88 km. No entanto, a polícia ainda não descobriu se existia comunicação entre os criminosos presos em Alexânia e o assaltante morto ontem em Águas Lindas. Com os indivíduos presos em Alexânia, foram encontrados R$ 200 mil em espécie e uma grande quantidade de municão. A polícia acredita que o dinheiro encontrado é proveniente de um assalto realizado em Unaí, cidade do interior de Minas Gerais, ocorrido em meados de maio.

LEIA MAIS: Suspeitos da tentativa de assalto ao Banco do Brasil em Irecê são presos em Goiás

Com informações da SSP/BA e do site Canal Gama