IRECÊ

A FAI promoveu a 4ª feira de saúde: prevenção em duas cores

Cultura&Realidade - 31 de Outubro de 2019 (atualizado 31/Out/2019 17h50)

file-2019-10-31174554.341457-FAi6ebaab2e-fc1f-11e9-853d-f23c917a2cda.jpg

Nesta 4ª edição foram desenvolvidas diversas ações, a exemplo da feira de saúde que aconteceu nesta manhã na praça da prefeitura onde foram realizados mais de 810 atendimentos. Foto: Cultura&Realidade

 

A Faculdade Irecê-FAI, através do curso de Bacharelado em Enfermagem, desde 2014, tem desenvolvido ações como eventos técnicos, debates e apresentações sobre o Outubro Rosa e o Novembro Azul, assim como produzido materiais e outros recursos educativos para disseminar informações sobre fatores protetores e detecção precoce dos cânceres, ampliando o acesso da comunidade à informação e aos serviços de saúde e fortalecendo a formação acadêmica dos graduandos que constituem-se como multiplicadores das aprendizagens.

Nesta 4ª edição foram desenvolvidas diversas ações, a exemplo da feira de saúde que aconteceu nesta manhã na praça da prefeitura onde foram realizados mais de 810 atendimentos com médico, psicólogo e nutricionista; testes rápidos, aferição de pressão arterial, disponibilização de exames entre mamografia e PSA, e outros. Além dos serviços para as pessoas, no evento tinha o stand “Outubro Rosa PET” exclusivamente para dar dicas sobre a saúde dos animais. Enquanto os atendimentos aconteciam, o público apreciava músicas ao vivo e dança de zumba.

“A feira foi um sucesso! Conseguimos sensibilizar a população sobre a importância dos hábitos de vida saudáveis como principal ferramenta para a prevenção dos cânceres e de outras doenças. Além disso, de proporcionar aos discentes de enfermagem a oportunidade de se aproximar da comunidade, fortalecendo a extensão Universitária e contribuindo para o desenvolvimento do processo formativo do futuro enfermeiro. Já estamos pensando na 5ª Feira de Saúde; iremos manter os diversos atendimentos, buscaremos mais parceiras para fortalecer o evento e ampliar o acesso da população às informações e aos serviços de saúde, para assim aumentar sua qualidade de vida.” avaliou Nádja Shirlley, Coordenadora do Curso de Bacharelado em Enfermagem da FAI.

Veja as fotografias em nosso facebook  e no instagram

Da Redação.