file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Festival Gastronômico Paladares do Sertão

“A dignidade humana é prioridade”, diz Fabíola sobre ações sociais no Carnaval

02 de Fevereiro de 2016

mansur.jpg [caption id="attachment_3687" align="aligncenter" width="500"]Fabíola: “Estaremos alertas para combater a exploração sexual e o trabalho infantil, formas degradantes de trabalho, o racismo, o tráfico de pessoas, enfim, todas as formas de violação de direitos”. Fabíola: “Estaremos alertas para combater a exploração sexual e o trabalho infantil, formas degradantes de trabalho, o racismo, o tráfico de pessoas, enfim, todas as formas de violação de direitos”.[/caption] O Governo do Estado anunciou na manhã desta segunda-feira (01) um conjunto de ações articuladas entre diversas secretarias e organizações da sociedade civil para assegurar que os direitos humanos não sejam violados no Carnaval de Salvador. O lançamento reuniu no Palácio Rio Branco titulares das secretarias de Justiça, de Promoção da Igualdade, de Mulheres, do Trabalho e da Cultura, militantes sociais e parlamentares. A deputada estadual Fabíola Mansur compareceu à atividade e destacou a importância de governo e sociedade se articularem para assegurar que nenhum direito humano seja violado na maior festa carnavalesca de rua do Brasil. “Todos têm o mesmo direito, à alegria e à segurança pessoal. Estaremos alertas para combater a exploração sexual e O trabalho infantil, formas degradantes de trabalho, o racismo, o tráfico de pessoas, enfim, todas as formas de violação de direitos”, destacou. Sobre a defesa da infância, a parlamentar realçou a importância da participação do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan/CEDECA, lembrando que a entidade foi pioneira em ações sociais no Carnaval para resguardar que crianças não tivessem seus direitos violados. “Quero ressaltar a figura do presidente do Cedeca, nosso companheiro e amigo Waldemar Oliveira, o popular Vavá, pela seriedade com que tem pautado este tema, assumindo firme posição de combate as práticas que condenamos”. Ecofolia Solidária Também integra o conjunto de ações a campanha ‘Eco Folia Solidária – O Trabalho Decente Preserva o Meio Ambiente’, uma aposta no fortalecimento de cooperativas e organização dos trabalhadores que recolhem materiais recicláveis das ruas, oferecendo kits para o trabalho digno e apoio financeiro com diária e alimentação. Durante a atividade, o secretário do Trabalho, Álvaro Gomes, entregou simbolicamente dois kits com fardamentos e equipamentos de proteção individual, como luvas e botas. Combate ao racismo Para o enfrentamento à discriminação racial, a Sepromi vai coordenar as ações para denúncias e atendimento às vítimas de racismo. Durante a folia, o Centro Nelson Mandela Itinerante funcionará na sede do Plantão Integrado e equipes de técnicos especializados farão abordagem qualificada para monitoramento das ruas. Segundo o coordenador do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, Wlamir França, qualquer forma de racismo será combatida, sejam agressões verbais, físicas ou constrangimentos. Ouvidoria A Ouvidoria Geral do Estado prestará apoio com atendimento através do 0800 284 0011 ou pelo site do órgão. Neste ano, durante o Carnaval, o 0800 também vai receber ligações realizadas por telefone celular. “Teremos dois milhões de pessoas nas ruas e queremos preservar a paz como uma marca dessa festa que mobiliza tantas pessoas”, explicou o ouvidor-geral do Estado, Yulo Oiticica.